31.5.05

Bem bom

PROBLEMA 658.
- Baby, I'm so alone, vamos pra Babylon, viver a pão de ló e Moët Chandon, vamos pra Babylon, comprar o que houver, au revoir ralé, finesse, s'il vous plait.
- Você rasga os poemas que eu te dou mas nunca vi você rasgar dinheiro.
(Zeca Baleiro)

Saudade

PROBLEMA 657. Quanto mais um prego fica preso na parede mais difícil é de arrancar.

30.5.05

Um lugar na vida

PROBLEMA 654. Quando as vidas não se impacientam...

PROBLEMA 655. De onde vem esse estranho encadeamento das palavras que nos leva a labirintos de sentidos, de histórias bem ou mal concebidas?

PROBLEMA 656.
- Ó mãe, vamos de comboio mas eu quero ir à janela para seguir as linhas.
- Filho, a esta hora da manhã o comboio deve estar cheio de gente. Só se houver um lugar vago poderás satisfazer o teu desejo.

29.5.05

A mesa de cabeceira

PROBLEMA 653. "Status, Ansiedade", Alain de Botton; "O livro de Cesário Verde"; "Antologia do Humor Negro"; "A história do senhor Sommer", Patrick Suskind; "Vertentes do olhar", Eugénio de Andrade; um iogurte de morango e uma colher; restos de açucar espalhados pela mesa; três formigas.

Auto-retrato

PROBLEMA 652.A minha mana tem a boa mania dos testes. No seu silêncio peculiar, já me tem desafiado para entrar nesse jogo. Desta vez, aceitei. Que livro serei eu? Pois bem, eis o que deu: um grande problema existencial.




You're Watership Down!

by Richard Adams

Though many think of you as a bit young, even childish, you're
actually incredibly deep and complex. You show people the need to rethink their
assumptions, and confront them on everything from how they think to where they
build their houses. You might be one of the greatest people of all time. You'd
be recognized as such if you weren't always talking about talking rabbits.



Take the Book Quiz
at the Blue Pyramid.

28.5.05

Poço de ar

PROBLEMA 651. Hoje as coisas não me correram lá muito bem. Sucederam uma série de acontecimentos invulgares que não me deixaram muito bem disposto. E já não estou a falar da maldita abelha. Como se a um excesso de optimismo de repente a minha vida tivesse passado por um poço de ar. Comprei o último CD duplo dos eels, "blinking lights and other revelations", e ainda de manhã coloquei o primeiro CD no meu Toshiba portátil para o ouvir. Quando cheguei ao local onde trabalho, qual o meu espanto quando sou confrontado com a tragédia do computador não arrancar. Diagnóstico: tem de ir para a fábrica para ver o que tem, porque sim, o que é que queres. Fico sem portátil até ver. Um mês, sei lá. Mas o pior, o terror, o maquiavélico, o inimaginável é que tenho o cd dos eels no computador e disseram-me que só depois de ser entregue à fábrica é que me podem devolvê-lo. Que forçar a abertura da caixa é violar as regras da empresa. Mas há mais: quando estava de regresso a casa decidi alugar um dvd. Estava eu a caminho quando avisto ao longe uma grande concentração de pessoas, carros da guarda nacional. Um acidente, ou uma zaragata qualquer, pensei eu. Uma procissão! Àquela hora da noite! só podia ser porque o dia, realmente, não me estava a correr nada bem. Acabei por desistir de ir buscar o dvd. Porque para lá chegar teria de passar por aquela gente toda e colocar-me ali à vista de todos para retirar o filme daquelas máquinas todas modernaças, tipo multibanco, que Deus teve o bom senso de colocar no meu caminho, eu que vivo a horas desencontradas dos outros comuns mortais. Talvez não tenha querido revelar os meus pecados perante uma multidão de fiéis.

5.55

PROBLEMA 650. Haverá algures o lugar do tempo sem tempo, o lugar a que não sabemos dar nome? Tudo isto vem a propósito porque hoje de manhã reparei que o relógio do café que fica por baixo de onde moro e o relógio da sala onde escrevo estão parados na mesma hora: 5.55.

A abelha (continuação)

PROBLEMA 649. Esteve ali diante dos meus olhos: terrível! Ao princípio, pensei que já tivesse desaparecido, nunca mais voltasse. Mas logo a seguir percebi que não. Estava ali, de novo, como que me desafiando.Voltei a não abrir a janela da varanda. Isto começa a ficar problemático. Já sonho que ela vai entrar pelo buraco da fechadura.

27.5.05

A abelha

PROBLEMA 648. Estou há duas horas sem poder abrir a varanda. Uma enorme abelha circunda os vidros ameaçando entrar pela sala dentro.

26.5.05

O olhar dos outros

PROBLEMA 647. 0241142385.02.MZZZZZZZ
Que pensarão os outros de mim? Como sou julgado pelos outros? Como vencedor ou falhado? Terei medo do que vão dizer de mim? Procuro agradar aos outros? Será que a imagem que tenho de mim próprio é uma consequência da atitude dos outros? A única coisa que eu sei é que desde que disse lá no café o que fazia na vida sinto que me tratam nas palmas da mão. E isso cria em mim um sentimento de dependência que não me agrada.

25.5.05

A voz da consciência (13)

PROBLEMA 646. Não é possível apresentares um problema. De momento, o problema que procuras não está disponível. A tua consciência poderá estar com problemas ou talvez seja necessário ajustar as definições do teu pensamento. Experimenta o seguinte: actualiza os teus sentimentos ou tenta novamente mais tarde.

24.5.05

Sonhos

PROBLEMA 645. Por vezes, tenho a ligeira impressão que alguém dorme dentro de mim. E, às vezes, acorda de noite e brinca com os meus sonhos. A última noite foi assim e ainda me sinto esquisito.

23.5.05

O labirinto infinito

PROBLEMA 644. Pauris, se estivesse aqui, hoje, estaria a meditar sobre algo como isto: "Nunca escrevi um livro. Preparei-me para escrever um. É como encetar uma viagem de regresso e ter, por caminho labirínticos, de ultrapassar obstáculos infinitos."

Penélope

PROBLEMA 643. Há momentos na vida em que somos todos como Penélope. Prometemos grandes ou pequenas realizações assim que terminarmos uma tapeçaria que fazemos durante o dia e desfazemos à noite. No dia seguinte, tudo recomeça. Estes meus últimos dias tem sido assim.

22.5.05

Um ano de ene problemas

PROBLEMA 642. Tentativa de intrusão bloqueada! Foi bloqueada uma tentativa de intrusão. Tipo de ataque: porta de leitura. Desejo...desejo...não voltar a mostrar esta mensagem. Ajuda. Mais informação sobre a intrusão. Fechar. Reiniciar. Tentativa de intrusão...

21.5.05

A voz da consciência (12)

PROBLEMA 641. Os elogios e as palmadinhas que te dão nas costas num dia roubam-te no dia seguinte. A vida é uma batalha.

20.5.05

A vassoura

PROBLEMA 640.A minha vassoura descansa num canto da sala. Depois de ter varrido o lixo que eu próprio criei, parámos um pouco para descansar.Eu e a minha vassoura. Os dois. Foi então que se soltou a minha imaginação e, num ímpeto, voei com a minha vassoura. Ela não está a gostar nada da brincadeira. Acha-me com imaginação a mais...
bm01p013
"Dizem que finjo ou minto
Tudo o que escrevo. Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação."
(Fernando Pessoa)

19.5.05

A luz

PROBLEMA 639. Cavalos que aprendem a dançar, aranhas a tocar piano, estorninhos a cantar, papagaios a declamar poesia de escárnio e mal dizer. Estou com uma imaginação hiperactiva. Só não sei se foi a dormir ou se estava a pensar que tudo isto podia acontecer quando faltou a luz. De que me valeu tudo isto se a luz voltou?

18.5.05

Derrota

PROBLEMA 638. Toda a noite choveu no meu pensamento. A vontade que tinha idealizado de sair por esse mundo fora, com força e alegria, afundou-se. Nem vale a pena dizer porque estou assim...

17.5.05

O programa

PROBLEMA 637.
Programa diário:
1) 50 flexões todas as noites sobre o chão do quarto.
2) Não permitir nem uma grama de gordura na barriga.
3) Andar a pé, o mais possível.

Quanto a este último, tenho cumprido. O mesmo já não posso dizer dos outros...

Recolhimento

PROBLEMA 636. Necessito de umas horas comigo para não me perder de vista. O problema é onde vou arranjar tempo para isso.

16.5.05

Hibernar

PROBLEMA 635. É uma pena não pertencer às espécies que desaparecem de circulação durante um determinado período de tempo. Teria vagar para fazer as coisas que realmente tenho planeado fazer e não aturava o “inchaço” dos benfiquistas.

Distância

PROBLEMA 634. As cartas que enviaste chegaram hoje ao correio, mas o tempo passou e elas estão desactualizadas. Fizeste-me lembrar que por muito que nos estimemos permanecemos todos distantes uns dos outros.

15.5.05

Ruído

PROBLEMA 633. Sinto saudades de algum silêncio. Pode ser que o ruído que me cerca se vá decompondo até à unidade mínima, como um átomo.

14.5.05

Seca

PROBLEMA 632. De uma notícia no jornal: "A tonalidade verde quase desapareceu da planície alentejana. As searas de trigo alouraram. Apelos desesperados de agricultores que oferecem vacas a quem se comprometer a alimentá-las. Começam a morrer os peixes nas albufeiras."
P.S. O Sporting perdeu com o Benfica.

13.5.05

Sancho Pança

PROBLEMA 631. Eu tinha um D.Quixote de madeira. Mas um dia deixei-o cair e partiu-se a lança e um pedaço do braço. Fiquei só com o Sancho Pança. E passados estes anos todos não sei onde está o meu D.Quixote.

12.5.05

Hoje estou assim (16)

PROBLEMA 630. calvin20000511

O amor

PROBLEMA 629. amor
O amor, por vezes, pode-se tornar um embaraço desenhado a lápis de carvão

11.5.05

Mente

PROBLEMA 628. As viagens da mente mentem sobre o estado da mente.

10.5.05

Negativo

PROBLEMA 627. Por que será que há um fraquinho por tudo que seja fracasso, por que será que só os pessimistas têm quase sempre razão?

9.5.05

Introspecção

PROBLEMA 626. Tenho um feitio complicado e uma imaginação que perde o pé à realidade.

8.5.05

Hoje estou assim (15)

PROBLEMA 625. oculos
É no esplendor da luz que a fraqueza humana se dá mais a ver.

7.5.05

A investigação

PROBLEMA 624. A subjectividade das descrições precisas: "Pode-me dar uma descrição precisa?, diz o polícia. Os lábios dela, respondi-lhe, eram suaves"

A voz da consciência (11 )

PROBLEMA 623. "Precisas sempre de discordares de ti próprio"

6.5.05

O aspecto

PROBLEMA 622. Cabelo grande, barba de três dias, sinto-me uma espécie de...tenho vergonha de o dizer.

5.5.05

Coincidências

PROBLEMA 621. No domingo, em Braga, com uma moeda de um euro tirei uma daquelas bolas de borracha, que "pincham" muito, com o número 15. Nesse dia, Pinilla fez três golos. O chileno joga com a camisola 87 (8+7=15). Fiquei assustado. Hoje, Miguel Garcia, colocou o Sporting na final da Taça UEFA com um golo no último lance do jogo. Miguel Garcia, número...15. Estou apavorado!

4.5.05

Aos solavancos

PROBLEMA 620. A minha relação com os meus problemas anda aos solavancos nestes últimos dias.

3.5.05

A vida a minguar

PROBLEMA 619. Dois ratos fugiram da gaiola. Um, o macho, ficou fechado na varanda da sala, o outro, a fêmea, na cozinha. E nesta história há um gato. Ficou à entrada da cozinha. À espera. Que a porte se abrisse. Na cozinha estava a comida do gato. Que não era o rato. Passaram-se horas e os três não arredaram pé. Cada um deles à espera que a porta se abrisse.

2.5.05

Por decifrar


PROBLEMA 618. Dois ratos fugiram da gaiola. Um, o macho, ficou fechado na varanda da sala, o outro, a fêmea, na cozinha. E nesta história há um gato. Ficou à entrada da cozinha. À espera. Que a porte se abrisse. Na cozinha estava a comida do gato. Que não era o rato. Passaram-se horas e os três não arredaram pé. Cada Eum deles à espera que a porta se abrisse.
Estarei a ficar pictórico?

1.5.05

Esquema

PROBLEMA 617. Como sair do esquema comboio-trabalho-comboio-casa?