4.4.06

Os segredos

PROBLEMA 979.
- Que tens nos bolsos?
- Segredos.
- Mas que pode esconder um homem nos bolsos?
- Segredos.
- E se os bolsos estiverem rotos?
- Lá se vão os segredos.
- Queres que te coza os bolsos?
- Para quê?
- Para não perderes os teus segredos.
- Perco-os à mesma.
- Como?
- Segredo.

4 Comments:

Blogger ana said...

queres que te aqueçam os sonhos? Só pode, se queres cozer os bolsos...

04 abril, 2006 21:40  
Blogger Filipe said...

Perder um segredo não é segredo. Basta que se conte. Mas quando isso se torna num problema...vou contar um segredo: sussurra-se o segredo para o buraco num tronco de uma árvore. A árvore fica com o segredo.

06 abril, 2006 09:17  
Blogger Filipe said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

06 abril, 2006 09:17  
Anonymous Concy maduro said...

O misterio das cousas,onde está ele?
Onde está ele que não aparece
Pelo menos a mostrar-nos que é mistério?
Que sabe o rio disso e que sabe a a árvore?
E eu que não sou mas do que eles, que sei disso?
Sempre que olho para as cousas e penso no que os homens pensam delas
Porque o único sentido oculto das cousas
É elas não terem sentido oculto nenhum,
É mais estranho do que todas as estranhezas
E do que os sonhos de todos os poetas
E os pensamentos de todo os filósofos,
Que as cousas sejam realmente o que parecem ser
E não haja nada que compreender.
Sim,eis o que os meus sentidos aprederam sozinhos:-

As cousas não têm significação:têm existência.
As cousas são o único sentido oculto das das cousas.(Fernando Pessoa).

06 abril, 2006 20:37  

Enviar um comentário

<< Home