6.5.06

Deve ser por isso

PROBLEMA 994. Há uma personagem erudita que, de vez em quando, visita-me e traz-me coisas como esta:
Deve ser por isso
que eu não distingo as realidades,
que eu não vejo onde começa o impossível,
que eu sinto a insatisfação dum mesmo sítio
e desejo outro lugar constantemente;
deve ser por isso
que eu não escolho um destino para me assentar depois
e ando a tropeçar à espera, à espera,
sem mesmo disso ter perfeita consciência...
deve ser por isso
que eu estendo a mão para um objecto
e ele está mais longe que o comprimento do meu braço.
Jorge de Sena

1 Comments:

Blogger Elisa said...

pois deve.

07 maio, 2006 20:05  

Enviar um comentário

<< Home