6.5.06

a ferida e a borboleta

PROBLEMA 993. Apareceu-lhe uma ferida no pulso durante a noite. Não se recorda de nada. Talvez se tivesse levantado de madrugada e, na escuridão do corredor, tivesse batido com a mão na maçaneta da porta. E apareceu-lhe uma borboleta no quarto. Disso lembra-se. Deixou a janela aberta e quando foi dormir lá estava ela no tecto. Travou uma dura batalha de vassoura na mão para a expulsar. Até que de repente a borboleta caiu morta no chão. Exausta de andar a fugir dele. E ele não teve coragem de fechar a janela. E adormeceu. Mas não se lembra muito bem se foi mesmo assim.

2 Comments:

Blogger lena said...

tadinha da borboleta... :\*

11 maio, 2006 10:17  
Blogger Abelhinha said...

eu acho q se magoou na luta com a borboleta.

Quem vai à guerra dá e leva

14 junho, 2006 19:44  

Enviar um comentário

<< Home