6.9.06

Adeus

PROBLEMA 1034.

Versão 1
Dei por terminado os meus problemas. Desisti deles como quem deixa de propósito qualquer coisa em algum lugar e não mais a vai buscar. Atirei a chucha aos peixes, pronto.

Versão 2
Falta um minuto para o fim e anda tudo muito entusiasmado com a extinção dos meus problemas. 5, 4, 3, 2, 1...

THE END (to be, or not to be the end, that is the problem)brevemente

4.9.06

O que querem que diga?

PROBLEMA 1033. "Com tanto para observar, a comida perde importância [o que observou até agora?]. Coragem. Febre. Gula. Irritação aguda. Inveja. Esperteza. Inteligência. Os defeitos e virtudes habituais de qualquer ser humano".
(Sherlock Holmes)

3.9.06

Saudade

PROBLEMA 1032. A saudade é um comboio a partir, é um prego preso na madeira difícil de arrancar para suster o quadro dos vossos olhares, é um estremecer cá dentro, mas que amanhã se recompõe porque o vosso último olhar para mim é que conta, e aqui ficará para sempre , é um jogo divertido , um segredo só nosso, para enganar a saudade: Janeiro, não sejas foleiro; Fevereiro, és um porreiro; Março, dá cá um abraço; Abril, águas mil; Maio, come paio; Junho, ergue o punho; Julho, não faças barulho; Agosto, come com gosto; Setembro, se bem me lembro; Outubro, com a manta me cubro; Novembro, à espera de Dezembro; Dezembro, relembro.

2.9.06

O que sinto

PROBLEMA 1031. Será o mesmo que sente o bicho da seda a mudar de forma para uma borboleta?

1.9.06

destino das almas

PROBLEMA 1030. Tenho de voltar ao museu para ver o meu duplo numa fotografia. Vou munido de uma máquina e depois mostro-vos a minha figura há muitos anos, algures na cidade de Lisboa. Só espero que não me tomem como um terrorista de almas.

o nome

PROBLEMA 1029. "António, apresente-se à caixa! António, apresente-se à caixa! Apareceram cinco antónios.